domingo, 31 de julho de 2011

Amizade



Se eu pudesse agarrar um arco-íris
Eu o pegaria só para você
E compartilharia com você a sua beleza
Nos dias em que você se sentisse triste.
Se eu pudesse construir uma montanha
Você poderia chamá-la de só sua,
Um lugar para encontrar serenidade,
Um lugar para estar sozinho.
Se eu pudesse pegar seus problemas
Eu os jogaria no mar.
Mas todas estas coisas em que eu estou pensando
São impossíveis para mim.
Eu não posso construir uma montanha
Ou pegar um belo arco-íris.
Mas deixe-me ser o que eu sei de melhor,
Um amigo que está sempre por perto.

Autor Desconhecido

sábado, 30 de julho de 2011


"O que separa corações não é a distância, é a indiferença.
Há pessoas juntas estando separadas por milhares de quilómetros e outras separadas vivendo lado-a-lado.
Muitas vezes nos importamos com o que acontece no mundo, nos sensibilizamos e pensamos até em fazer alguma coisa, mas nos esquecemos do que se passa ao nosso lado, na nossa casa, na nossa família e mesmo na vizinhança.
Colocamos, sem querer, barreiras entre os corações que nos cercam.
A indiferença mata lentamente, anula qualquer sentimento; e assim criamos distâncias quando estamos tão próximos.
As pessoas se habituam tanto àquelas que convivem com elas que elas passam a não notá-las mais, a não dar mais importância.
Mas, se quisermos transformar o mundo, comecemos por transformar a nós mesmos.
Se quisermos entrar em combates para melhorar algo para o futuro, que esse combate comece dentro da nossa própria casa.
Precisamos olhar os que estão ao nosso lado sempre com olhos novos.
Comunicar mais, destruir mais barreiras e construir mais pontes.
Precisamos nos dar de coração a coração.
A melhor maneira de acabar com a indiferença de uma pessoa em relação a nós é amá-la.
O amor transforma tudo.
Não permita que pessoas ao seu lado morram de solidão!
Não permita que elas sintam-se melhor
fora de casa que dentro dela!
Dê atenção, dê do seu próprio tempo!
Comunique-se!
Assista menos televisão e converse mais.
Riam juntos.
Há quanto tempo você não diz para a pessoa que vive ao seu lado que gosta dela?
A gente não recupera tempo perdido.
Mas podemos decidir não perder mais.
Vamos amar os corações que nos cercam e tentar alcançar novamente aqueles que se distanciaram.
Há sempre tempo para se amar.
E se não houvesse, o próprio amor seria capaz de inventar."

Letícia Thompson
“Durante anos procuramos encontrar
alguém que nos compreenda,
alguém que nos aceite como somos,
capazes de nos oferecer a felicidade,
apesar das duras provas.
Apenas ontem descobri que esse mágico alguém
é o rosto que vemos no espelho.”
Richard Bach

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Prece árabe

“Deus, não consintas que eu seja
o carrasco que sangra as ovelhas,
nem uma ovelha nas mãos dos algozes.
Ajuda-me a dizer sempre a verdade
na presença dos fortes e jamais dizer mentiras
para ganhar os aplausos dos fracos.
Meu Deus! Se me deres a fortuna,
não me tires a felicidade; se
me deres a força, não me tires a sensatez;
se me for dado prosperar, não permita que eu
perca a modéstia, conservando apenas o
orgulho da dignidade.
Ajuda-me a apreciar o outro lado das coisas, para
não enxergar a traição dos adversários, nem acusá-los
com maior severidade do que a mim mesmo.
Não me deixes ser atingido pela ilusão da
glória, quando bem sucedido, nem
desesperado quando sentir insucesso.
Lembra-me que a experiência de um fracasso
poderá proporcionar um progresso maior.
Senhor! Faze-me sentir que o perdão é o maior
índice da força e que a vingança é prova de fraqueza.
Se me tirares a fortuna, deixa-me a esperança.
Se me faltar a beleza da saúde, conforta-me
com a graça da fé.
E quando me ferir a ingratidão e a
incompreensão dos meus semelhantes, cria em
minha alma a força da desculpa e do perdão.
E finalmente Senhor, se eu Te esquecer,
te rogo, mesmo assim, nunca Te esqueças de mim...”
Prece árabe

quinta-feira, 28 de julho de 2011

“Antes de falar, escute. Antes de escrever, pense.
Antes de julgar, espere. Antes de desistir, tente.
Antes de reclamar, ajude. Antes de gritar, se acalme.
Antes de pirar, chore. Antes de odiar, AME!”

Si Schurhaus


terça-feira, 26 de julho de 2011


“Não acredite em algo simplesmente porque ouviu. Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito. Não acredite em algo simplesmente porque esta escrito em seus livros religiosos. Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade. Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração. Mas depois de muita análise e observação, se você vê que algo concorda com a razão, e que conduz ao bem e benefício de todos, aceite-o e viva-o.” Buda

segunda-feira, 25 de julho de 2011


ALCANÇA TEUS SONHOS
Sê firme em tuas atitudes e perseverante em teu ideal.
Porém sê paciente, não pretendendo que tudo te chegue de imediato.
Haverá tempo para tudo, e tudo que é teu, virá a tuas mãos no momento oportuno.
Aprende a esperar o momento exacto para receber os benefícios que reclamas.
Espera com paciência que amadureçam os frutos para poder apreciar devidamente sua doçura !
Não sejas escrava do passado e de recordações tristes.
Não revolvas uma ferida que está cicatrizada.
Não rememores dores e sofrimentos antigos.
O que passou, passou!

De agora em diante procura construir uma vida nova, dirigida para o alto e caminha para diante, sem olhar para trás.
Faz como o sol que nasce cada dia, sem lembrar-se da noite que passou.

Só contemples o objectivo e não vejas que é tão difícil alcançá-lo.
Não te detenhas no mal que porventura fizeste; caminha no bem que possas fazer.
Não te culpes pelo que fizeste, mas te decide a melhorar sempre.

Vive cada dia, aproveita o passado para o bem e deixa que o futuro chegue a seu tempo.
Não sofras pelo que vem, recorda que
"cada dia tem sua própria dificuldade”.

Deixa que o amor te toque e não te defendas dele.
Busca alguém com quem compartilhar tuas lutas; uma pessoa que te entenda, te apóie e te acompanhe nelas e a quem possas te entregar de olhos fechados.

Se tua felicidade e tua vida dependem de outra pessoa, desprende-te dela e a ama, sem pedir-lhe nada em troca.
Aprende a te olhar com amor e respeito, pensa em ti como em algo precioso.
Se em teu interior há luz e deixas abertas as janelas de tua alma, por meio da alegria, todos que passam pela rua em trevas, serão iluminados por tua luz.
O trabalho enobrece aqueles que o realizam com entusiasmo e amor.

Não existem trabalhos humildes.
Só se distinguem, uns dos outros, por serem bem ou mal realizados.
Dá valor a todo trabalho.
Deus nos criou para realizar um sonho.
Vivamos por ele, tentemos alcançá-lo.

Coloquemos nossa vida nesse sonho e se percebermos que não o atingiremos desse modo, talvez, então, tenhamos de fazer uma parada no caminho e experimentar uma mudança em nossas vidas.

Não te sintas vencida,
pensa que se Deus te
deu a vida, é porque
sabe que podes vivê-la.
E quando precisares de
uma mão amiga, que te conforte,
que te ampare, consulta teu
coração que ele mostrar-te-á.

Tu e só tu escolhes a maneira
pela qual vais afectar
o coração de outros e essas
decisões são do que se trata a vida.
E lembras sempre que
“és responsável pelo coração que cativas”

Procura
“OS TEUS PONTOS FRACOS’
e lembra-te sempre:
A decisão final é sempre tua,
apesar de apreciares a opinião de cada um.
“A vida é bela para quem a faz bela".

Autor Desconhecido

domingo, 24 de julho de 2011



“O fracasso e vergonha fecham-te os olhos

Por isso não Me vês.

A angústia e a dor gritam na tua voz

E não Me ouves.

Sentes culpa e desvias-te

E julgas que Me fui embora.

Mas durante todo o tempo Eu estive aqui

Aqui mesmo, onde choraste lágrimas solitárias por Mim,

Aqui mesmo, onde pensaste que não querias que estivesse.

EU ESTOU.



«Porque me abandonaste?»

Oiço este grito por toda a eternidade.

Filho, estou aqui.

Sei o que fazes.

Choro por ti quando te desvias para longe de tudo o que é justo,

Quando voltas costas a tudo o que é o bem.

Choro por ti.

Vejo o mal que fazes. Seguro a tua mão na Minha mão.

Na Minha mão, seguro a mão dorida daquele a quem fazes mal.

Agora,

Neste instante,

Estou entre ambos e nenhum de vós Me vê.

Com uma mão, seguro a mão do Meu filho querido

O Meu amado que está cego pelo sofrimento.

Com a outra mão, seguro a mão do Meu filho querido

O Meu amado, cuja selvajaria e vergonha não o deixam ver-Me.

Mas aqui Estou

Ao lado de ambos.

Entre ambos, dentro e em volta de ambos.

EU ESTOU.”



Desmond Tutu e Mpho Tutu

sábado, 23 de julho de 2011

Acredite


Acredite nas pessoas... Naquelas que possuem algo mais... Aquelas que, às vezes, a gente confunde com anjos e outras divindades... Digo daquelas pessoas que existem em nossas vidas e enchem nosso espaço com pequenas alegrias e grandes atitudes... Falo daquelas que te olham nos olhos quando precisam ser verdadeiras, tecendo elogios, que pedem desculpas com a simplicidade de uma criança...

Pessoas firmes... Verdadeiras, transparentes, amigas, ingênuas... Que com um sorriso, um beijos, um abraço, uma palavra de faz feliz... Aquelas que erram... Acertam... Não tem vergonha de dizer não sei... aquelas que sonham... Aquelas amigas... Aquelas que passam pela vida deixando sua marca, saudades, aquelas que fazem à diferença... Aquelas que vivem intensamente um grande amor...

Autor desconhecido

“Sorri quando a dor te torturar
E a saudade atormentar
Os teus dias tristonhos vazios

Sorri quando tudo terminar
Quando nada mais restar
Do teu sonho encantador

Sorri quando o sol perder a luz
E sentires uma cruz
Nos teus ombros cansados doridos

Sorri vai mentindo a sua dor
E ao notar que tu sorris
Todo mundo irá supor
Que és feliz.”


 Charles Chaplin

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Seja...

 
Não se exponha demais,
seja o seu falar calmo,
o pensar meditativo.
Evite a gritaria que só embrutece.
Leia bons livros que agregam conhecimento.
Saia com a família, divirta-se no parque.
Faça algo de bom pela Natureza,
não jogue o óleo usado na pia,
economize energia.

Ande mais, cobre menos.
Coma bem, sem exageros.
Faça amor, nunca a guerra.
Seja o que elogia na medida, não o que critica.
Até para dar opinião contrária,
seja doce o seu falar,
em tudo, demonstre que sabe amar.

Tenha sempre a mão, um gesto solidário,
o que ampara o idoso, que visita o solitário.
Seja a pessoa que você gostaria de encontrar,
faça o gesto que gostaria de receber.
Seja desde já, o futuro que espera do mundo.
Seja Evangelho Vivo, pregando com ações,
como aquele jovem que há 2000 anos atrás andou por aqui.
Vivendo o que pregava, Jesus tocou, falou, andou e sorriu,
porque a alegria é Divina,
é deliciosa companhia,
de quem já entendeu, que Deus não é rancor,
Deus é Amor.
 
Eu acredito em você
 
Paulo Roberto Gaefke


“Coração é terra que ninguém vê
Quis ser um dia, jardineira
de um coração.
Sachei, mondei – nada colhi.
Nasceram espinhos
e nos espinhos me feri.

Quis ser um dia, jardineira
de um coração.
Cavei, plantei.
Na terra ingrata
nada criei.

Semeador da Parábola...
Lancei a boa semente
a gestos largos...
Aves do céu levaram.
Espinhos do chão cobriram.
O resto se perdeu
na terra dura
da ingratidão

Coração é terra que ninguém vê
- diz o ditado.
Plantei, reguei, nada deu, não.
Terra de lagedo, de pedregulho,
- teu coração. Bati na porta de um coração.
Bati. Bati. Nada escutei.
Casa vazia. Porta fechada,
foi que encontrei...”

Cora Coralina
“Quando eu morrer o mundo continuará o mesmo,
A doçura das tardes continuará a envolver as coisas todas.
Como as envolve agora neste instante.
O vento fresco dobrará as árvores esguias
E levantará as nuvens de poesia nas estradas…
Quando eu morrer as águas claras dos rios rolarão ainda,
Rolarão sempre, alvas de espuma
Quando eu morrer as estrelas não cessarão de acender-se
no lindo céu nocturno,
E nos vergéis onde os pássaros cantam
as frutas continuarão a ser doces e boas.”

Fernando Pessoa


quarta-feira, 20 de julho de 2011


“Ajuntei todas as pedras
que vieram sobre mim.
Levantei uma escada muito alta
e no alto subi.
Teci um tapete floreado
e no sonho me perdi.
Uma estrada,
um leito,
uma casa,
um companheiro.
Tudo de pedra.
Entre pedras
cresceu a minha poesia.
Minha vida...
Quebrando pedras
e plantando flores.
Entre pedras que me esmagavam
Levantei a pedra rude
dos meus versos.”

Cora Coralina

terça-feira, 19 de julho de 2011


“Tenho consciência de ser autêntica e procuro superar todos os dias minha própria personalidade, despedaçando dentro de mim tudo que é velho e morto, pois lutar é a palavra vibrante que levanta os fracos e determina os fortes.

O importante é semear, produzir milhões de sorrisos de solidariedade e amizade.

Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça.

Digo o que penso, com esperança.

Penso no que faço, com fé.

Faço o que devo fazer, com amor.

Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende!”

Cora Coralina

segunda-feira, 18 de julho de 2011

O SENTIDO DA VIDA

"Não sei...
se a vida é curta ou
longa demais pra nós,
mas sei que nada do que
vivemos tem sentido,
se não tocamos o
coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser:
colo que acolhe,
braço que envolve,
palavra que conforta,
silêncio que respeita,
alegria que contagia,
lágrima que corre,
olhar que acaricia,
desejo que sacia,
amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo,
é o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela não
seja nem curta, nem longa demais,
mas que seja intensa,
verdadeira,
pura... enquanto durar....“

Mary Lane

sexta-feira, 15 de julho de 2011

“Procure os seus caminhos,mas
não magoe ninguém nessa procura.
Arrependa-se, volte atrás, peça perdão!
Não se acostume com o que não o faz feliz,
revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças,mas não
deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!”
Fernando Pessoa

Reverência do destino



Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que

expressem sua opinião.

Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer,

O quanto queremos dizer, antes que a pessoa se vá.

Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias.

Difícil é encontrar e reflectir sobre os seus erros, ou tentar fazer

diferente algo que já fez muito errado.

Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ele deseja ouvir.

Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer sempre a verdade quando for

preciso, e com confiança no que diz.

Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre esta situação.

Difícil é vivênciar esta situação e saber o que fazer. Ou ter coragem

para fazer.

Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado.

Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece, te

respeita e te entende.

E é assim que perdemos pessoas especiais.

Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar.

Difícil é mentir para o nosso coração.

Fácil é ver o que queremos enxergar.

Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto.

Admitir que nos deixamos levar, mais uma vez, isso é difícil.

Fácil é dizer "oi" ou "como vai?"

Difícil é dizer adeus.

Principalmente quando nos sentimos culpados pela partida de alguém de

nossas vidas...

Fácil é abraçar, apertar as mãos, beijar de olhos fechados.

Difícil é sentir a energia que é transmitida.

Aquela que toma conta do corpo como uma corrente eléctrica quando tocamos a

pessoa certa.

Fácil é querer ser amado.

Difícil é amar completamente só.

Amar de verdade, sem ter medo de viver, sem ter medo do depois.

Amar e se entregar. E aprender a dar valor somente a quem te ama.

Fácil é ouvir a música que toca.

Difícil é ouvir a sua consciência. Acenando o tempo todo, mostrando

nossas escolhas erradas.

Fácil é ditar regras.

Difícil é segui-las. Ter a noção exacta de nossas próprias vidas,

Ao invés de ter noção da vida dos outros.

Fácil é perguntar o que deseja saber.

Difícil é estar preparado para escutar esta resposta. Ou querer entender

a resposta

Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade.

Difícil é sorrir com vontade de chorar ou chorar de rir, de alegria.

                    Carlos Drumond de Andrade
“Vi o sofrimento fazer heróis de alguns dos Meus filhos.
A força com que suportaram a dor é um exemplo luminoso para todos.
Mas por vezes, Meu filho, o sofrimento é só sofrimento.
Parece gratuito.
É um sentimento de vazio.
Não ensina nada.
Não traz recompensa.
É, apenas.
É, apenas, e tu sentes-te só,
Abandonado,
Desamparado.
Pensas que Me fui embora
Por isso foges.
A tua mente desliza para longe da angústia.
O teu corpo retrai-se com a dor:
O teu coração tenta fechar-se ao sofrimento.
Vejo-te fugir.
Não acreditas que estou contigo.
Mas estou aí.
Quando parares de fugir do sofrimento
E te voltares para o enfrentar,
Quando entrares em agonia sem lhe reagires,
Quando encarares o teu sofrimento e lhe conheceres o nome,
Então ver-Me-ás.
Ver-Me-ás no seu âmago, junto de ti.
Não importa o teu corpo devastado pela dor
Ou o teu espírito em turbilhão por entre as dores e angústias.
Quando parares de fugir, ver-Me-ás.
Eu não desistirei de ti.
Não posso abandonar-te.
Não estás sozinho.
Eu estou contigo.”

Desmond Tutu e Mpho Tutu

SEJA FELIZ


Não... Você não precisa ser melhor em tudo.
A perfeição é uma coisa qu...e não está ao nosso alcance,
aliás, acho que nunca ninguém soube dizer o que é perfeição.

A humanidade é perita em criar conceitos inatingíveis,
e não devemos nos iludir com eles.

Sim, o reconhecimento e admiração
daqueles que nos cercam é sempre bom,
mas não é tudo na vida.

Teu sorriso, sim, é importante.
A tua paz, a tua felicidade,
e isto não deve depender dos outros,
mas exclusivamente de você.

Não tente fazer ninguém feliz
- faça feliz a si mesmo!
Deste modo, quem estiver com você estará feliz também.

Não faça nada esperando o sorriso de ninguém.
Faça tudo esperando apenas o teu sorriso,
e no final de tudo você poderá comemorar extraordinariamente,
mesmo que você esteja só
– mas é difícil se estar só quando se está bem consigo.

Portanto, construa a tua felicidade.
A felicidade atrai.

- Augusto Branco -

quinta-feira, 14 de julho de 2011



Para o dia de hoje:
Não se descuide dos minutos. Eles fazem as horas.
Não se descuide da aparência. Ela te apresenta para o mundo.
Não se descuide da caridade. Ela sempre retorna em forma de amor.
Não se canse de perdoar. O perdão nos reveste de força.
Não se canse de amar. O Amor movimenta a vida, traz alegria,
traz o sabor para o alimento que completa a alma.
Não se esqueça de se valorizar.
Você é a pessoa mais importante na sua vida,
Muitos precisam de você, contam com você,
dependem as vezes da sua alegria, do seu bem estar.
Cuide-se!
Hoje é um dia especial. Dia de revelação.
Dia de decidir o melhor caminho, a melhor trilha,
o melhor do melhor para alguém tão especial:
você!

Fique bem, fique com Deus, fique no caminho da paz,
que os anjos te acompanhem, guardem e guiem,
hoje e sempre,
Amém.

Eu Acredito em Você

Paulo Roberto Gaefke

quarta-feira, 13 de julho de 2011


“Segue o teu destino,
Rega as tuas plantas,
Ama as tuas rosas.
O resto é a sombra
De árvores alheias.”

Fernando Pessoa

segunda-feira, 11 de julho de 2011

 

Casa arrumada é assim:

Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa
entrada de luz.
Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um
cenário de novela.
Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os
móveis, afofando as almofadas...
Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo:
Aqui tem vida...
Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras
e os enfeites brincam de trocar de lugar.
Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições
fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.
Sofá sem mancha?
Tapete sem fio puxado?
Mesa sem marca de copo?
Tá na cara que é casa sem festa.
E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.
Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.
Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante,
passaporte e vela de aniversário, tudo junto...
Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.
A que está sempre pronta pros amigos, filhos...
Netos, pros vizinhos...
E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca
ou namora a qualquer hora do dia.
Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente.
Arrume a sua casa todos os dias...
Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela...
E reconhecer nela o seu lugar.
 
Carlos Drummond de Andrade

domingo, 10 de julho de 2011

Se um cachorro fosse o seu professor, você aprenderia coisas assim:



• Quando alguém que você ama chega em casa, corra ao seu encontro.
• Nunca perca uma oportunidade de ir passear.
• Permita-se experimentar o ar fresco do vento no seu rosto.
• Mostre aos outros que estão invadindo o seu território.
• Tire uma sonequinha no meio do dia e espreguice antes de levantar.
• Corra, pule e brinque todos os dias.
• Tente se dar bem com o próximo e deixe as pessoas te tocarem.
• Não morda quando um simples rosnado resolve a situação.
• Em dias quentes, pare e role na grama, beba bastante líquidos e deite debaixo da sombra de uma árvore.
• Quando você estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo.
• Não importa quantas vezes o outro te magoa, não se sinta culpado... volte e faça as pazes novamente.
• Aproveite o prazer de uma longa caminhada.
• Se alimente com gosto e entusiasmo.
• Coma só o suficiente.
• Seja leal.
• Nunca pretenda ser o que você não é.
• E o MAIS importante de tudo: Quando alguém estiver nervoso ou triste, fique em silêncio, mas fique por perto e mostre que você está ali para confortar. A amizade verdadeira não aceita imitações!!!
Ouço o teu grito durante a queda.
Tropeças nos teus erros e tombas no poço sem fundo da culpa e da vergonha.
Mas o abismo não existe. É uma ilusão.
Não existe profundeza onde caias onde Eu não possa chegar.
Vivi contigo desde o princípio dos tempos.
Sonhar-te deleitou-Me, o facto de existires enche-Me de prazer.
Há uma escolha a cada instante.
A cada instante é possível crescer e não falhar.
Cada momento é uma riqueza de oportunidades.
Não gravei o trilho que tens de percorrer, construímos o caminho em conjunto, tu e Eu.
Destinei-te ao bem, e um campo de bondade estende-se à tua frente.
Escuta-Me, e mesmo que o caminho não seja fácil, cada passo e cada pedra conduzem à alegria.
Se te virares para o lado, atento à voz do tentador, a hesitação marcará a tua viagem.
Confio em ti, Meu filho.
Mesmo quando tiveres caído, a estrada não acaba.
Podes levantar-te do chão e voltar-te.
Podes arrepender-te e rumar à tua casa em Mim.
Procura-Me.
Encontrar-Me-ás.
Tenho estado aqui desde a eternidade.
Até à eternidade, aqui estarei.
Estou à espera e tu encontrar-Me-ás.

Desmond Tutu e Mpho Tutu

sábado, 9 de julho de 2011


“Responder a perguntas não respondo.
Perguntas impossíveis não pergunto.
Só do que sei de mim aos outros conto:
de mim, atravessada pelo mundo.
Toda a minha experiência, o meu estudo,
sou eu mesma que, em solidão paciente,
recolho do que em mim observo e escuto
muda lição, que ninguém mais entende.
O que sou vale mais do que o meu canto.
Apenas em linguagem vou dizendo
caminhos invisíveis por onde ando.
Tudo é secreto e de remoto exemplo.
Todos ouvimos, longe, o apelo do Anjo.
E todos somos pura flor de vento.”
Cecília Meireles

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Ouço o teu bater frenético às portas do céu.
Todas as fúrias do inferno te perseguem.
Todos os medos e desejos gritam através da escuridão.
A bondade que querias escolher desliza para longe,
E o mal parece estar cada vez mais perto.

Meu amado, eu não Me escondi no Céu,
Estou escondido no teu coração.

Não bradarei sobre o ruído dos teus desejos.
Não abafarei o estrondo das tuas maquinações.
Ouvirás se Eu gritar mais alto que os demónios?
Conhecerás a Minha voz se Eu a erguer?

Não, filho, escuta o Meu sussurro.
És livre de fazer essa escolha.
És livre de fugir do turbilhão.
És livre de partir e procurar a paz.

Deixa as mentiras.
São uma prisão
Onde és torturado continuamente pelo tua própria voz.
A violência que cometes ergue muralhas de fúria e alienação à tua volta.
Cada crueldade é um espinho no arvoredo cerrado que ensombra a tua beleza.
Cada gesto de bondade teu e cada palavra verdadeira
É mais uma chave que te libertará.

Eu não Me escondi no céu.
Não fechei os olhos nem tapei os ouvidos.
Vejo aquela mãe que chora. Amparo-a através das suas lágrimas lentas e escaldantes.
O seu filho errante é também Meu filho.
Vemos juntos quando ele escolhe o que é mau e errado
Mesmo se lhe mostrámos o que é bom e certo.
Estou à espera com aquele pai desesperado.
Observamos juntos a fúria sombria da sua filha adolescente.
«Paciência», ouvir-me-á ele sussurrar,
«Ela há-de voltar, ela ama-te muito.»
«Ela não sabe ser quem é
Ou em quem se está a tornar.»

Filho, ouço-te suspirar, soluçar.
Vejo os teus ombros abatidos pela derrota.
Sempre a tentares, muitas vezes a falhares, o bem que fazes parece transformar-se em mal.
Meu filho precioso,
Exigir-te-ei contas do que te pedi, de nada mais.
Sê apenas fiel à tarefa que te determinei.
Tenhas êxito ou não, isso não me importa.

Vive como Me ouves a falar em ti.
Vive a verdade que aprendes comigo.
Depois não importa onde te levará a estrada.
A bondade que vives libertar-te-á.

Desmond Tutu e Mpho Tutu

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Nossa Liberdade


Mesmo solitários,
não deixamos de ser duas partes...
Uma, deseja ficar em profundo silêncio...
Outra quer gritar ao mundo
o desejo de amar.

Mesmo doentes,
não deixamos de ter dois desejos...
Um quer a cura imediata,
sair da prostração,
Outro quer permanecer
cercado de cuidados, atenção...

Mesmo perdidos em nossos devaneios,
não deixamos de desejar dois destinos...
Um quer a glória passageira da fama,
Outro quer apenas
a vitória sobre nossos dramas,
ser feliz no anonimato do tempo.

Somos assim,
concâvo e convexo,
Luz e escuridão
em uma mesma alma,
Uma parte que ri de qualquer coisa,
E outra que chora por nada.

Contradição e certeza,
Amor e desinteresse,
Paz e guerra,
Desejos e saciedade.
Estranhos personagens
que habitam em nós,
nessa novela chamada vida.

Por isso, não se estranhe!
Viva cada momento da sua vida com intensidade,
lembre-se mais das coisas boas...
E por favor, esqueça-se dos maus momentos.
Aposente as dores, distraia a ilusão,
faça um trato com o amor, e ame muito...

E mais do que nunca,
Esqueça qualquer rancor,
Perdoe todas as ofensas, todas as pessoas...
As que já fizeram algo que você não gostou,
E aquelas que ainda nem erraram.

 Seja livre!

Tudo só vale a pena
com a liberdade!
 Até para dizer
que quer ficar preso ao velho amor,
preso ao velho emprego,
preso ao velho sonho,
preso em você.

Isso é liberdade total!
Essa capacidade
de dizer que se ama
e que vale a pena ser feliz
é uma doce prisão da nossa liberdade
de ser simplesmente o que somos!

Eu acredito em você

Paulo Roberto Gaefke